logo

Vazante

  • Autor
  • Coleção
  • ISBN 9789728202088
  • PVP 9.99 € (IVA incluído)
  • preço livre
  • 1ª Edição janeiro de 1969
  • Edição atual 1
  • Páginas 176
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 139 x 209 x 11 mm

Um romance existencial de mistério e permanente expectativa trágica. Diogo, o novo delegado, chega a uma ilha isolada, onde funciona um presídio, fugindo de um passado sombrio.

Ele é hostilizado pela pequena população, composta de presidiários e pessoas livres, que não conseguem escapar da fatalidade do próprio destino.

O delegado envolve-se com Nina, uma alcoólatra que se isolou numa grande mansão, e vive um amor às vezes poético, mas instável e permeado de silêncio e solidão.

O cerco opressivo formado pelo sinistro Dr. Saturnino, pelo misterioso Cesário e por Dauro, o feroz rastreador de presos evadidos, leva Diogo ao desespero. Ao perseguir um preso que fugiu, acaba matando Dauro e descobre em si mesmo a brutalidade e a violência. Entrega-se ao álcool e à decadência, restando-lhe, com a morte de Nina, apenas a saída para alto-mar em frágil canoa.

Com Vazante o romancista desnuda a alma humana, mostrando suas paixões e violências. 

* Edição: Dinapress. Distribuição: Topseller. 

José Mauro de Vasconcelos nasceu no Rio de Janeiro em 1920 e faleceu em São Paulo em 1984. Descendente de portugueses, o autor teve vários empregos durante a adolescência, viajando depois por todo o Brasil e por vários países europeus. 

O seu primeiro grande êxito foi Rosinha, Minha Canoa (1962). Em 1968 publicou o seu livro mais conhecido, O Meu Pé de Laranja Lima, adaptado para televisão, cinema e teatro. 

Pelo conjunto da sua obra, é considerado um autor clássico da literatura juvenil do século XX. Em 1967, recebeu o Prémio Jabuti de Romance, o mais importante prémio literário brasileiro.

 

Outros livros do mesmo autor


Arraia de Fogo

    Romance sobre a cultura indígena em conflito com a ambição do branco que quer explorar-lhe a terra e a lealdade entre uns poucos idealistas que procuram dar condição de sobrevivência aos índios.

    Barro Blanco

      Barro Blanco, um dos grandes romances regionalistas brasileiros, revela a trágica vida dos deserdados submetidos a trabalhos escravizantes, sem perspectiva de melhoria.

      Rua Descalça

        Um romance urbano que aborda a essência do cristianismo - a solidariedade ao povo humilde e a força da fé em circunstâncias adversas.

        Banana Brava

          Romance sobre o garimpo de cristais nos sertões de Goiás, contrapondo aventureiros ambiciosos aos sertanejos ligados à terra. O primeiro livro de José Mauro de Vasconcelos.

          Arara Vermelha

            Um romance em torno do índio do sertão do Araguaia, de sua língua, de seus costumes e do conflito dos mestiços, divididos entre a cultura branca e a indígena.

            As Confissões de Frei Abóbora

              Neste livro, o autor explora grandes temas de toda a sua obra - a defesa dos índios brasileiros e as paixões que se ocultam nas profundezas de cada ser.